Colisão envolvendo micro-ônibus de Capela e caminhão deixa 5 mortos e 12 feridos na BR 324

Publicado em 09/07/2019 às 09:19h

As informações são do Calila Notícias - Fotos: Raimundo Mascarenhas

 

Um gravíssimo acidente foi registrado na noite desta segunda-feira, 08, na BR 324 trecho que liga Tanquinho a Riachão do Jacuípe, mas precisamente no Povoado São João, pertencente ao Município de Candeal e envolveu um micro-ônibus da Secretaria de Saúde de Capela do Alto Alegre e um caminhão com placa de Poços de Caldas – MG, que seguia no sentido Norte do Estado, muito possivelmente para buscar verdura e legumes, já que a carga era de caixas vazias.

De acordo com a Policia Rodoviária Federal – PRF o acidente tipo colisão traseira aconteceu por volta das 20h20 quando o caminhão muito possivelmente no momento que reduziu a velocidade para passar no quebra-molas do povoado, o ônibus que estava retornando de Salvador com pessoas que tinham ido realizar exames médicos, acabou colidindo no fundo, rodou na pista e ficou com a posição contrária no acostamento, enquanto o caminhão saiu da pista.

Morreu no local o motorista do micro-ônibus identificado por Jânio do Prado Maciel, 56 anos, e José Mário dos Santos, 55. A terceira vítima fatal foi o aposentado identificado por Benício Guedes, 76 anos ao dar entrada no Hospital Municipal de Riachão do Jacuípe. Eulalia Peixoto e Carla Edisia não resistiram aos ferimentos e morreram durante a transferência para Feira de Santana. Carla era enfermeira e residia no Povoado de Ipiraí.


Outras doze pessoas foram socorridas pela equipe da Brigada Voluntária Anjos Jacuipenses que utilizou duas ambulâncias da instituição e pediu o apoio do município.

Lucival de Jesus Souza é presidente da Brigada Anjos Jacuipenses ele esteve com sua equipe minutos depois do acidente. Ele disse ao Calila Noticias que recebeu uma primeira ligação por volta das 20h20 sendo informado do acidente em São João, mas que seria um carro de passeio invadido uma casa, a equipe se deslocou e antes foi informado de que seria algo muito mais grave.

“Quando chegamos o local, deparamos com uma cena muito chocante, pelo menos nove pessoas entre as ferragens e outras caídas pelo chão, foi quando pedi o apoio de mais socorristas e outras ambulâncias, pois, tinha muita gente em estado grave. Demos mais de duas viagens socorrendo as pessoas, e olha que não é tão perto, são cerca de 20 km até chegar ao hospital”, contou o socorrista.


Souza disse que não faltou apoio por parte do município e a sociedade e que possibilitou na prestação de socorro de forma rápida o que pode ter contribuído para não aumentar os casos de óbitos.

Policiais rodoviários e civis de Candeal e Nova Fátima estiveram no local até a chegada da equipe do Departamento de Policia Técnica – DPT de Serrinha por volta de 23h55.


Após realizarem a remoção dos corpos das duas vítimas no local, os peritos e os agentes do rabecão se dirigiram até o hospital para recolher o corpo do senhor Benício. O CN foi informado que os corpos das duas mulheres mortas durante a transferência deverão ser necropsiados no DPT de Feira de Santana.

Quem esteve o tempo todo ao lado do ônibus aguardando a chegada do DPT foi Jailton Maciel, um dos irmãos do motorista Jânio. Bastante emocionado disse ao Calila Noticias que Jânio tem uma filha que mora com ele e ao passar por Feira de Santana fez uma ligação para ela parabenizado, pois, neste dia 8 de julho ela estava fazendo aniversário.

Prefeito de Capela passou pelo ônibus em Tanquinho e pouco tempo depois foi informado da tragédia

O prefeito de Capela do Alto Alegre, Claudinei Xavier Novato, popularmente conhecido por Dr. Nei, ele que é médico, juntamente com seu vice Luiz Romeu, vereadores, secretários tão logo que tomaram conhecimento da tragédia se dirigiram a Riachão do Jacuípe para prestar assistência às vítimas e lamentou bastante a perda de cinco pessoas de forma trágica e mais de uma dezena de feridos.

Ele disse ao CN que também retornava de Salvador e ao passar por Tanquinho viu o ônibus parado em uma das lanchonetes por volta das 20h e seguiu sua viagem e quando tinha acabado de chegar em Capela do Alto Alegre foi informado do acidente e imediatamente retornou para Riachão.

Segundo Dr. Nei, o motorista era muito experiente, sabia da existência do quebra-molas naquele local e não descartou ele ter sofrido um mau súbito pra ter colidido com tanta violência no fundo do caminhão. “Era um bom motorista, já dirigiu pra mim, conhecia como poucos todas as vereadas desta estrada de Capela a Feira de Santana, realmente não tem explicação para esta tragédia, só temos que lamentar e pedir a Deus que as pessoas que estão feridas se recuperem e possam voltar para suas casas”, falou o prefeito.

O prefeito agradeceu bastante o empenho de todos que se prontificaram a ajudar, “os anjos jacuipenses, toda equipe médica do hospital de Riachão, motoristas de ambulâncias, médico Robson Cedraz que saiu de Coité para ajudar, a Prefeitura Municipal que deu todo suporte, enfim, não nos faltou nada, só temos a agradecer”, finalizou Dr Nei.

Não tivemos informações sobre o paradeiro do motorista do caminhão.

 

 

Publicidade

Topo