Suzano-SP: Atiradores entram em escola e matam 8 pessoas e cometem suicídio em seguida

Publicado em 13/03/2019 às 11:29h

Foto: Reprodução/Corrreio24horas

Um tiroteio na Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano (SP), deixou pelo menos 10 mortos nesta 4ª feira (13.mar.2019). De acordo com as primeiras informações divulgadas pela Polícia Militar de São Paulo, há mortes confirmadas de 5 crianças, de 1 funcionário da escola e dos 2 homens que fizeram os disparos. A 9ª e a 10ª vítimas ainda não foram identificadas.

Segundo a assessoria de imprensa da Polícia Militar, 23 vítimas foram encaminhadas a 2 hospitais de Mogi das Cruzes –entre elas há 10 que se machucaram na hora do atentado e pessoas que passaram mal após o ocorrido. A área foi isolada pela polícia.

Ainda de acordo com a polícia, tiros foram disparados às 9h50, na Escola Estadual Raul Brasil. O Helicóptero Águia, da corporação, e equipes do Samu foram acionados. Às 14h haverá 1 boletim com os nomes das vítimas. A lista só será divulgada depois que as famílias forem comunicadas.

Na escola foram encontrados uma mochila com fios elétricos, cápsulas das balas usadas no atentado, 1 arco e flecha e garrafas que poderiam ser usadas como coquetel molotov.

Pouco antes do tiroteio, a polícia recebeu 1 chamado sobre disparos próximos à escola. Ainda não se sabe se os casos estão relacionados.

Imagens gravadas por pessoas que passavam pelo local mostram correria após o tiroteio:

Segundo o Censo Escolar de 2017, a instituição tinha 358 alunos matriculados no ensino fundamental (6º ao 9º ano) e 693 estudantes no ensino médio.

Imagens de uma câmera de segurança flagraram o momento que os suspeitos chegam ao local.

O governador de São Paulo, João Doria, visitou o local em companhia dos secretários de Segurança Pública, general João Campos, e de Educação, Rossieli Soares. Em sua conta no Twitter, disse que o cenário é desolador.

 

Fonte: Correio24horas

 

 

 

 

Publicidade

Topo