Miguel Calmon: Bairro das populares, família com 8 pessoas e renda abaixo da média, não consegue se cadastrar no bolsa família:

Publicado em 10/06/2014 às 23:35h

Uma família que mora na rua 03, no bairro das populares em Miguel Calmon, está inconformada por não receber o bolsa família.
Segundo Leide, na casa moram 8 pessoas, sendo 7 adultos e uma criança, e apenas duas delas tem renda fixa, somando um total de R$ 650,00 por mês.
Estivemos hoje, 10/06/2014, na casa da Sra. Leide, a água foi cortada desde a semana passada, Leide disse que já tentou buscar ajuda junto ao município, mas não obteve sucesso. Em apenas duas contas, já somam 237,00 de agua e luz.
 
ccx 
xsa 
 

Segundo a secretária de ação social de Miguel Calmon, Leila Cristina, é preciso que a família esteja dentro dos parâmetros exigidos pelo bolsa família. Leila se colocou a disposição para qualquer esclarecimento e alertou ainda, para um detalhe importante, segundo ela, em alguns casos as famílias informam despesas maior que a renda, e quando eles enviam a proposta o pessoal do bolsa família recusam. Então tem que ficar atento para esse detalhe.
 
 
 
 Veja os critérios para que a família possa ter direito ao bolsa família:
 

O Programa Bolsa Família é um programa de transferência direta de renda que beneficia famílias em situação de pobreza e de extrema pobreza em todo o país. O Bolsa Família integra o Plano Brasil Sem Miséria, que tem como foco de atuação os milhões de brasileiros com renda familiar per capita inferior a R$ 77 mensais e está baseado na 
garantia de renda, inclusão produtiva e no acesso aos serviços públicos.
 

 

O Bolsa Família possui três eixos principais: a transferência de renda promove o alívio imediato da pobreza; as condicionalidades reforçam o acesso a direitos sociais básicos nas áreas de educação, saúde e assistência social; e as ações e programas complementares objetivam o desenvolvimento das famílias, de modo que os beneficiários consigam superar a situação de vulnerabilidade.
A seleção das famílias para o Bolsa Família é feita com base nas informações registradas pelo município no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, instrumento de coleta e gestão de dados que tem como objetivo identificar todas as famílias de baixa renda existentes no Brasil.

 

Com base nesses dados, o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) seleciona, de forma automatizada, as famílias que serão incluídas para receber o benefício.  (http://www.mds.gov.br/bolsafamilia )

 
 
 
 
 
Calmon Noticias 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Publicidade

Topo